ENTREVISTA: BETTY DABKIEWICZ, MASTER COACH E MENTORA

A master coach e mentora de carreira e negócios Betty Dabkiewicz fala sobre empreender e trabalhar com propósito

 

ZENTA: Por que empreender com propósito?

 

BETTY DABKIEWICZ: Empreender com  propósito, na minha percepção e principalmente no momento de vida 50+, está relacionado à expansão da autoestima, do autoconhecimento e contempla fazer novas escolhas que sejam positivas, liderar ações que nos tragam prazer, ampliação de relacionamentos saudáveis, autorrealização, bem-estar e a possibilidade de resignificar as experiências vividas nas diferentes áreas da vida, buscando protagonizar o que desejarmos no aqui e agora.

 

Z.:  Quais as dicas para começar?

 

B.D.: Reconhecer os melhores recursos, habilidades, competências técnicas e atitudinais, valorizando-as e percebendo onde precisa de novos conhecimentos e desenvolvimento nas diferentes áreas da vida, objetivando o alinhamento entre as intenções e as novas ações. 

 

Z.: Como encontrar seu propósito?

 

B.D.: Olhando para dentro, reconhecendo o que lhe é valoroso, importante, indispensável e o que promove em você a vontade de aprender, compartilhar, contribuir, realizar nas diferentes fases da vida.

 

Z.: Podemos falar de trabalhar com propósito, mesmo sem empreender?

 

B.D.: Sim claro, quando nos importamos com uma causa ou nos engajamos num projeto colaborativo, filantrópico, religioso ou até mesmo no espaço no qual desempenhamos papéis e funções, promovemos trabalho, intervenções e opiniões que podem ser significativas e importantes nos meios ambientes em que atuamos e transitamos.   

 

Z.: Como isso funciona?

 

B.D.: Não existe fórmula mágica! Cada um de nós já experimentou realizar intervenções positivas que de várias formas influenciaram positivamente; criar ou resignificar o sentido de SER e ESTAR presente na e pela vida é fundamental à saúde mental, física e emocional. É muito importante sentir-se pleno ao realizar atividades que nos deem prazer, relacionar-se com pessoas que buscam um propósito/causa comum. Essa sensação de produtividade, de aprendizagem contínua e de colaboração intergeracional promove a interação que fundamenta a própria existência da #revolução50mais em cada um de nós. Sair da invisibilidade imposta sócio-culturalmente ao envelhecimento (e que não nos cabe mais nesta geração), ajustar o posicionamento da e na longevidade e, principalmente, de como queremos interagir, intervir e contribuir à longevidade cidadã fará toda a diferença no aqui e agora e pelas próximas gerações.

 

Z.: No livro Revolução 50+ você coloca algumas questões sobre autoconhecimento, como "Quem é você?", "Quais os seus papéis nos ambientes em que transita?", entre outras. Como chegar a essas respostas? 

 

B.D.: As respostas são únicas porque nos representam na diversidade e na maneira como nos percebemos e somos percebidos, na forma como nos aceitamos e nos modificamos, na maneira como reagimos e interagimos. Enfim, somos SERES únicos e especiais e que certamente não viemos a passeio... cabe a cada um de nós a responsabilidade do autodesenvolvimento e das escolhas que fizermos ou não pela vida.  

 

Z.: Outra provocação que você faz é saber o que motiva e impulsiona em direção à autorrealização, objetivos e metas. Qual é a importância de buscar essas respostas para seguir adiante?

 

B.D.: Total importância! Saber ou descobrir o que nos motiva, inspira, faz sentir-se vivo em cada fase da vida nos possibilita experimentar ou criar novas vivências significativas. Viver é uma ousadia pura! Minha sugestão é que nos relacionemos e nos recriemos! Sempre!

 

Betty Dabkiewicz é CEO da Sinergia Consultoria, master coach e mentora de carreira e negócios. Há 25 anos desenvolve pessoas, equipes e projetos customizados. 

Membro da Associação Brasileira de Mentores de Negócios, diretora do Aging2.0 Chapter Rj, membro do HubMulher, curadora do Criabiz Aging, coordenadora do livro e da série Revolução50+, expert da plataforma Yolex.

Atividade profissional
A master coach e mentora de carreira e negócios Betty Dabkiewicz fala sobre empreender e trabalhar com propósito
Zenta - Foto Betty D para entrevista.jpg