Ao Mestre com Carinho: a arte do crochê passada por gerações





ENTREVISTA: REGINA ALEIXO


ZENTA: Sua formação inicial é a mesma daquela que você ensina?


REGINA ALEIXO: Não é a mesma! Eu sou Regina Aleixo, professora de tricô e crochê. A minha formação inicial é desenho industrial e arquitetura, mas eu sempre adorei fazer tricô e crochê.


ZENTA: Como aprendeu esses trabalhos manuais e há quanto tempo ensina?


R.A.: Aprendi com minha avó, quando criança. Aos poucos fui me aperfeiçoando e hoje sou professora. Ensino minhas alunas há mais de 15 anos a transformar fios em peças.


ZENTA: Quais os benefícios que a realização dessas atividades proporcionam?


R.A.: A atividade ajuda a se centrar, relaxar. E eu ajudo a transformar o tricô em uma nova yoga, uma terapia com resultados práticos. Eu adoro ensinar, adoro fazer isso!


Zenta: Você pode explicar como são suas aulas?


R.A.: Atendo minhas alunas a domicílio e, durante as nossas aulas, criamos peças novas, conversamos, tomamos um chá, um café, e assim vamos transformando fios em peças.


ZENTA: O que significa ensinar para você, compartilhar sua experiência com outras pessoas?


R.A.: Essa é uma arte incrível, que eu adoro ensinar e passar para frente!

Eu vou ensinar para vocês uma receita de máscara de crochê em três vídeos. São curtos, de no máximo três minutos. Espero que gostem!

Obrigada!








15 visualizações
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook
  • Instagram