Hobbies e Talentos: Fotografias delicadas da natureza, em 4 mil imagens




A sensibilidade das fotos de Maria Vieira Gorete pode ser entendida quando a ouvimos. Ela vê a natureza com um olhar poético, fala das flores, dos insetos, de suas cores e nuances com palavras doces e delicadas. O seu "flash" capta toda essa magia e beleza. Assista ao vídeo com algumas de suas fotos e conheça sua encantadora história:


"Eu sou Maria Gorete Vieira, me formei em Artes Plásticas. Lecionei artes na rede pública, onde me aposentei. Aprendi muito com meus alunos, muito mais do que ensinei. Depois de aposentada, resolvi fazer um curso de ikebana, porque sempre gostei de flores e da cultura oriental. Assim descobri a Faculdade Messiânica. Fiz um curso de pós-graduação em Arte e Desenvolvimento Humano, onde conheci pessoas e professores maravilhosos.


Sempre pintei telas e esse foi meu hobby por muito tempo, até conhecer a fotografia. Cheguei a participar de feiras em Embu das Artes por quase três anos, depois passei a pintar flores com tinta acrílica e tinta óleo.


No curso de Artes, nós tivemos aulas de fotografia com a professora Tina Leme Scott, o que só aumentou meu desejo de fotografar, porque sempre gostei. Com o celular tudo ficou mais prático e minha vida passou a ser 'a cada olhar um flash' (risos). Amo flores, florzinhas que as pessoas não percebem, joaninhas, aranhinhas, abelhas, borboletas e tudo que vive em harmonia com a natureza. Descobri uma infinidade de cores, de vida, e passei a fotografar todos os detalhes da natureza.


Achei que era egoísmo guardar só para mim essas descobertas e comecei a mandar para os amigos todos os dias, um "Bom diaaa!". Já são quase 4 mil fotos. A minha intenção é que a pessoa receba uma imagem linda, que possa alegrá-la, e que perceba que somos presenteados a todo momento por "Alguém Grandioso". Mas precisamos estar atentos, 'ter olhos para ver'. Existe beleza em tudo, nas flores mais simples, nos insetos pequeninos, que trabalham muito e a quem nem damos valor, como, por exemplo, as abelhas, as aves, etc. Fiquei com medo de incomodar as pessoas com o meu 'Bom diaaa!', mas quando, por algum motivo, eu deixo de mandar, elas reclamam ou se preocupam.


Minhas fotos são do meu caminho, do meu jardim, são uma alegria para mim.

Assim penso que nunca é tarde para descobrir algo que nos faz bem e nos dá prazer."


11 visualizações
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook
  • Instagram