Mito ou verdade com a consultora de imagem Márcia Erlichman




Quem nunca teve dúvidas sobre o que fica melhor em seu corpo, o que emagrece ou valoriza mais seu tipo físico? Muito se lê, acreditamos em algumas ideias e não analisamos se realmente fazem sentido. Hoje resolvemos desmistificar algumas delas com a consultora de estilo Márcia Erlichman.


ZENTA: Preto emagrece?

MÁRCIA ERLICHMAN: Mito

Por ser ausência de luz, o preto pode fazer com que a silhueta não se sobressaia tanto, mas há muitos recursos bem melhores que causam esse "efeito emagrecedor" com mais eficiência. O mais importante é a modelagem da roupa. Uma roupa preta muito volumosa pode “aumentar” a silhueta, assim como uma muito justa pode realçar os seus pontos menos favoráveis.


Z.: Looks monocromáticos (de só uma cor) emagrecem?

M.E.: Verdade

Levando em conta o que foi dito acima, a monocromia alonga a silhueta. O efeito é maior ainda se os sapatos forem da mesma cor ou nudes. Peças de cores diferentes não causam o mesmo efeito que usar uma cor só, mesmo que em tons diferentes. Um cinto de outra cor, por exemplo, pode quebrar totalmente o efeito alongado.


Z.: Estilo é algo nato?

M.E.: Mito

Estilo é algo que se constrói. É um conjunto de vivências com conhecer bem o seu corpo, podendo assim adequar o que te favorece com a mensagem que você quer passar. Suas roupas falam muito sobre quem você é.


Z.: Quanto mais roupas tiver, melhor a pessoa se veste?

M.E.: Mito

Na verdade, ter muitas roupas pode dificultar isso. O ideal é ter menos roupas que você realmente usa, te favorecem e que conversam entre si. Ter um armário “cápsula” facilita sua vida, evita erros e ainda te faz economizar muito. Aposte em qualidade, e não em quantidade.


Z.: Acessórios mudam completamente o look?

M.E.: Verdade

Investir nos acessórios certos vai permitir a versatilidade de ir “da feira ao baile”, do trabalho para um jantar, criando looks completamente diferentes com a mesma roupa.


Z.: Certas roupas são proibidas para mim?

M.E.: Mito

Nada deixa uma pessoa mais bonita do que ela se sentir bela e segura com seu visual, portanto nada é proibido. É preciso apenas saber como, quando e onde se pode usar certas peças.


Z.: Existe idade certa para usar algumas roupas?

M.E.: Mito

Já se foi o tempo em que idade era permissão para usar ou deixar de usar certa roupa. Hoje, com bom senso, filhos, pais e avós podem usar a mesma roupa e ficarem ótimos.


Z.: Contratar um consultor de imagem e estilo é muito para o meu bolso?

M.E.: Mito

Sabendo o que te favorece, qual seu tipo físico, formato de corpo e adequar tudo isso com a imagem que se quer passar vai, na verdade, te fazer economizar muito comprando coisas novas e/ou aprendendo a usar corretamente o que você já tem a seu favor.


Z.: Usar as cores certas faz toda a diferença?

M.E.: Verdade

Saber como usar as cores a seu favor pode ter o efeito rejuvenescedor de uma plástica. Elas podem atenuar rugas, suavizar expressões, iluminar sua pele, te deixar mais bonita e, além disso, deixar nossas vidas muito mais alegres e coloridas. Podemos aprender a gostar das cores que gostam da gente. Para conhecer sua paleta de cores é preciso fazer um teste de coloração pessoal.


Márcia Erlichman, 54 anos, tradutora e advogada, deixou o mundo jurídico aos 50 anos e resolveu seguir sua paixão, que é a consultoria de imagem e estilo.


5 visualizações1 comentário